domingo, 25 de novembro de 2012

CRISTO, REI DO UNIVERSO




CRISTO, REI DO UNIVERSO

DIA DO LEIGO (25/11/2012)

"Tu és o Rei dos Judeus? Eu sou REI. Mas o meu Reino não é desse mundo... Para isso nasci e para isso vim ao mundo. Para dar testemunho da Verdade. E todo aquele que é da Verdade, ouve a minha voz..." (Jo 18,33b-37)

 

            Nesta festa que hoje celebramos faz-nos memória da definição que o próprio Cristo faz de si mesmo: DAR TESTEMUNHO DA VERDADE ratificando e personificando a fidelidade de Deus que permeia toda a História humana.

             Jesus teve linhagem de Rei por ser descendente do Rei Davi. Rei do Universo constituído por Deus, seu Pai. Rei sem palácios deslumbrantes, nem cortesãos nem servidores, nem guerras, nem vitórias, sem tributos nem privilégios.

            Rei que veio para servir e não para ser servido; Rei que derramou seu sangue para introduzir o homem no Reino e dar-lhe Verdade e Vida, Santidade e Graça, Justiça, Amor e Paz.

            Sobre a cruz havia um letreiro que estava escrito: JESUS, NAZARENO, REI DOS JUDEUS” (Lc 23,35-43). Os judeus recusaram este letreiro e pediram que Pilatos o retirasse. Pilatos não concordou, e contestou: O QUE ESTÁ ESCRITO, FICA ESCRITO.

            Que em nossos corações tenha um letreiro que esteja escrito: “Jesus, Rei do meu coração” e nada possa apagá-lo.

Jesus tem sido o homem mais amado e que mais tem influenciado na história.

Morreu faz mais de dois mil anos, e, todavia milhões e milhões de homens e mulheres o amam ate a morte. Uns como mártires dão a vida por Ele de uma vez. Outros se dão gota a gota consagrando-lhe a vida, e vivendo para Ele.

           

Glória a Cristo, Rei do Universo que nasceu em um presépio pobre e humilde, que é um Rei Justo e nos ensina a ser humildes.

Glória a Cristo que é o Alfa e o Omega e deve ser o centro de nossa vida.

Jesus é o Rei do Universo que sendo Deus no ensinou tanto de humildade e simplicidade. Nasceu em um presépio e morreu em uma cruz, tomou como coroa a que tinha espinhos e carregou como cetro a Cruz. Quanto temos para aprender de nosso Rei e Senhor!!!

Jesus nos ama e é tão grande Seu Amor para conosco que tomou uma Cruz e uma Coroa de espinhos e Seu caminho de glória na terra foi um caminho de calvário e dor.

Aprendamos a aceitar nossas cruzes com Amor, como as aceitou nosso Rei. Nós sendo súditos seus aprendamos a aceitar o que não podemos mudar, oferecer a nosso Rei nossas dores, veremos como tudo passa pouco a pouco. Quando começamos a aceitá-las será mais suave o caminho, e veremos que as coisas não se ficam na Cruz. Temos como guia Nosso Rei que depois de morrer na Cruz,  ressuscitou, 

Nós também ressuscitaremos quando como Jesus oferecendo sua Cruz a Deus Pai. Nós ofereçamos a Ele nossos sofrimentos,  veremos que tudo passa, 

que a vida perdura, que vem a Glória, que alcançaremos a verdade, o caminho e a vida. Porque o temos alcançado a Ele que sempre nos espera com um Amor Infinito,  para abrasar-nos a seu Amor e fazer de nós o melhor, para quando chegar o dia de viver junto a Ele a doçura e a Glória de sua presença, onde já não existe a tristeza,

 os sofrimentos, nem a dor …

     ORAÇÃO A CRISTO REI:

            Oh Cristo, Tu és meu Rei! Dá-me um coração ardente para contigo.

Magnânimo em minha vida: escolhendo tudo quanto levar para o alto, não o que se arrasta para baixo.

Magnânimo em meu trabalho: vendo nele não uma carga que se me impõe,

e sim a missão que Tu me confias.

Magnânimo no sofrimento: verdadeiro soldado Teu ante minha cruz, verdadeiro Cireneu para as cruzes dos outros.

Magnânimo com o mundo: perdoando suas pequenezes, porém não cedendo em nada a suas máximas.

            Magnânimo com os homens: leal com todos, mais sacrificado pelos humildes

e pelos pequenos, zeloso por arrastar para Ti a todos os que me amam.

            Magnânimo com meus superiores: vendo em sua autoridade a beleza de teu Rosto, que me fascina.

Magnânimo comigo mesmo: jamais debruçado sobre mim, sempre apoiado em Ti.

Magnânimo contigo: Oh! Cristo Rei: orgulhoso de viver para servir-Te, feliz de morrer, para perder-me em Ti. Amém!

 

Juntamente com a Festa de Cristo rei, a Igreja no Brasil declarou esse domingo

Dia Nacional do Leigo (a) Inseridos no mundo os são chamados e impregnar as estruturas da sociedade com os valores cristãos.
Leigo (a) (vem do grego “Laos” = povo). POVO:
pois tem identidade: é de Deus;
·         não é massa desorganizada: tem leis, a maior de todas: o AMOR que sinaliza sua caminhada;
·         tem caminho certo para seguir: Jesus Cristo;
·         tem um ideal a alcançar para alcançar: Construir um mundo novo de Amor, Paz, Fraternidade, Desenvolvimento, o mundo da libertação, segundo o plano de Deus
·         sabe o que anuncia: a Verdade que liberta;
·         tem um objetivo para luta: a vida abundante para todos;
·         tem uma força: O Espírito Santo.

Querido leigo e leiga que usa seu talento para anunciar a salvação através de seu apostolado rogo ao Senhor que o (a) abençoe e a toda sua família e seus afazeres.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

           

Nenhum comentário:

Postar um comentário